Mi Serena

O polêmico ato de AMAR.

Posted by in Desabafo, Dicas

Dai que a Disney vai colocar um beijo gay no filme A Bela e a Fera. Dai que a TFB (Tradicional Familia Brasileira) está em polvorosa. Já ouvi gente dizendo que não vai levar a cria, pois não quer incentivar. ¬¬ Já ouvi aqueles que dizem que vão boicotar, pois a Disney quer enfiar a ditadura gay goela abaixo da sociedade. ¬¬ Aquela coisa de sempre…se não é de acordo com o que penso, deve ser banido. Coisa que eu já deveria ter me acostumado, pois desde que o mundo…read more

Ansiosa, eu?

Posted by in Desabafo, Dicas, Dificuldades

Já mencionei aqui que sou uma pessoa extremamente ansiosa. Já mencionei que sou insone, que me irrito fácil (apesar de não parecer), enfim, sou uma pessoa ansiosa. E ser assim não é fácil, não é fácil explicar para quem tá de fora que ansiedade não significa “não saber esperar” ou ” ser impaciente”. Vejam bem, pessoas. Eu espero numa boa. Eu tenho uma puta paciência. O que eu não tenho é controle sobre meus pensamentos. Eu não consigo deixar de remoer algo, para muitos, insignificante. Por exemplo: De repente  eu…read more

Camila vê, Camila lê.

Posted by in Dicas, Uncategorized

No ano passado todas as minhas leituras, literalmente todas, foram pesadas. Li um monte de livros sobre crimes famoso, julgamentos, serial killers, tudo bem mórbido, bem sinistro. Quase todas as séries as quais assisti também eram relacionadas a crimes. Este ano eu quis variar e ler coisas leves, assistir a séries igualmente despretensiosas. Vamos lá, esse ano de 2017 eu já li: 1. Harry Potter e a Câmara Secreta – J.K. Rowling 2. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban – J.K. Rowling 3. Harry Potter e o Cálice de…read more

Volta às aulas!

Posted by in Uncategorized

Eis que fevereiro chegou (Faz dias já, mas releva), e Serena voltou às aulas. Glória, hosana nas alturas, senhor na cruz, obrigada pela existência das Umeis, saravá, axé! O mês de fevereiro foi pautado por adaptações, na primeira semana de aulas, houve a adaptação ao próprio horário, à rotina, e a tudo que a escola significa para Serena. Como funciona a adaptação nas Umeis? Cada uma tem seu próprio sistema, na Umei que a Serena frequenta foram dois dias de adaptação, sendo duas horas pela manhã e duas pela tarde, lembrando…read more

Aquelas infames aulas de educação física.

Posted by in casos, fit

Acho que já mencionei aqui que eu sou uma péssima esportista, se não o fiz, fica aqui registrado: Sou ruim em esportes em geral. Nas minhas infrutíferas tentativas de começar a correr eu já: Tropecei num CATADIÓPTRICO aka olho de gato, como também já dei de cara com um poste. Não sendo tudo isso humilhante o suficiente, eu já cai de uma bicicleta, uma bicicleta de spinning, sim. A bicicleta paradinha e eu cai, igual uma jaca madura, para espanto de todos presentes na aula. Dai que essa semana eu li…read more

Receitas contra ansiedade.

Posted by in Dicas

Se alguém me pergunta qual meu maior defeito, eu respondo: Ansiedade. E não é aquela ansiedade boa, friozinho na barriga não. Aqui o negócio é punk, aqui o negócio não flui porque a ansiedade não deixa. Tenho um milhão de ideias na cabeça, penso mil coisas, quero fazer outras quantas, mas quem disse que algo sai do plano das ideias? Pior é que quem me vê, acha que está diante da pessoa mais bicho grilo de toda BH. Que sou mais pacifica que um lago num dia sem vento. Mas…read more

Adiós, Fraldas!

Posted by in Dicas

A gente até tenta procrastinar, mas chega uma hora que não dá. Chega uma hora que nossos bebês precisam deixar as fraldas, e digo isso de maneira literal. DESFRALDAR as quiança tudo. Confesso que me bateu aquela preguiça, me bateu aquela vontade de deixar para depois. Mas aproveitei que Serena estaria de férias da escola, e que poderia me dedicar integralmente à árdua tarefa de limpar xixi e coco por longos e intermináveis dias. Primeiro passo: calcinhas. Rodei BH em busca de calcinhas baratinhas mas bonitinhas. Comprei umas quantas. Segundo…read more

Tragédias Humanas

Posted by in casos

Que a vida é um ciclo todo mundo sabe. Se tudo der certo, a gente nasce, cresce, trabalha, aposenta, envelhece e morre bem velhinho. Mas nada é linear. As coisas acontecem e algumas vezes não há nada que possamos fazer. Li um texto na newsletter do Tarrask , que dizia mais ou menos assim: Se você não pode mudar determinada coisa com dinheiro ou força, é melhor aceitar que foi uma fatalidade. Pois sim, fatalidades acontecem toda hora, com todo mundo, sejam ricos ou pobres. Gente morre engasgada com uma coxa de…read more

Vade Retro, 2016!

Posted by in casos

Oi, pessoas! Fazer um apanhado do ano de 2016 é complicado. Ao mesmo tempo que o ano foi denso, eu também não me ajudei em nada. Ou seja, como esperar alguma melhora se meus atos não mudaram? O lado bom: Serena andou, cresceu, desenvolveu e desfraldou de maneira rápida. (Ponto para ela) O lado ruim: Eu engordei, fiquei inerte, não fiz absolutamente NADA por mim. Seja trabalhar, esporte ou hobbie. Deixei a ansiedade dominar, corroí lembranças e pensamentos até que não houvesse mais nenhuma gota de amor próprio. Tive dias…read more

Afinal quem sou eu?

Posted by in casos, Desabafo

Você já se fez essa pergunta? Eu nunca me fiz. ( Apesar de algumas vezes, ficar diante do espelho e repetir meu nome e o lugar onde estou) Mas me fizeram. E eu não soube responder. Acho que grande parte deste não-saber é que às vezes confundo ser e estar. Entende? Eu sei que estou desempregada, sei que minha tez é clara, meus cabelos são, invariavelmente, grisalhos. Sei que gosto de músicas do estilo Antena 1, nada que alvoroce muito o ambiente. Sei também que adoro literatura, medicina, seriados, cheiros,…read more