A liberdade que não te dei: Gente Indelicada

Posted by in Desabafo, Dificuldades

Faz alguns dias que minha prima cientista politica-feminista-sensata-gente boa e autora do blog Comadres Antenadas anda publicando uns posts bem legais chamados “A liberdade que não te dei ” .

A Isa tocou em um assunto que costuma ocorrer comigo quase que diariamente: pessoas que se acham no direito de falar o que acham do outro, mesmo que este achismo ofenda ou agrida o outro.

Como vocês sabem, Serena é miudinha. Comparada aos demais bebês da mesma faixa etária, ela é realmente miúda.

Mas e dai? Suponho que dentre 7 bilhões de pessoas encarnadas nesta Terra, algumas sejam grandes, outras pequenas, outras gordas ou magras. Não tem nenhum problema no fato da Serena ser pequena, mas parece que tem gente que discorda comigo…mesmo que tais pessoas NUNCA tenham me visto na vida.

Vira e mexe alguém me diz:

-“Nossa! Mas ela come bem? Tão pequenininha!”

-“Na idade dela, meu filho pesava UMA tonelada!”

-“Minha filha é mais nova e já tem 32 dentes na boca.”

Eu me pego imaginando se estas pessoas conhecem o significado da palavra empatia. Será que elas gostariam de ser comparadas à outras? Será que elas gostariam de ter seus corpos colocados sob uma lupa? Será que elas sabem que as pessoas são diferentes?

Aposto que não.

Será que passa pelas cabecinhas de tais pessoas que talvez a pessoa apenas possua um biotipo mignon, ou que talvez ela tenha algum problema de saúde?

Serena possui uma particularidade, ela possui artrogripose. E portadores de atrogripose têm o corpo magro, na maioria das vezes.

Ela come como um touro, caga como um touro e não engorda tanto. Mas é saudável!

Podem até dizer: “Ah, Camila! Mas ninguém é obrigado a saber isso, ninguém é obrigado a saber que ela tem artogripose”.

Verdade. Ninguém é obrigado a saber nada.

De fato, quase ninguém percebe que Serena possui AMC. A condição dela é leve, mas nem por isso ela a deixa de ter.

Então, para evitar gafes ou desconfortos (toda mãe leva o filho ao pediatra e sabe exatamente quanto pesa seu bebê, fica a dica!), acho que as pessoas deveriam parar de ditar regras sobre a vida alheia, e de quebra, terem um pouquitinho de empatia!

Be-Kind-for-everyone-you-meet-is-fighting-a-hard-battle