Dietas e afins.

Posted by in casos, dieta, fit, peso

Já faz umas duas semanas que não me peso. ¬¬ A culpa é da falta de balança em casa. E quando calha de passar em uma farmácia com balança, eu estou de tênis e meia furada, o que me impede de subir no aparato. (Sim, eu só me peso descalça, humpf! Todo grama conta!)

Ontem o marido pediu uma pizza de almoço, e comeu. INTEIRA. Enquanto eu comia meu frango com salada, e sopinha de abóbora. Assim, um de frente para o outro, sabem? E antes de começar a devorar aquela pizza marguerita maravilhosa, ele me deu um beijo NA TESTA e pediu desculpas. HAHAHAHA

Teje desculpado, moço!

Mas o fato é que sonhei que comia um brigadeiro, e logo depois devorava uns 20 palitinhos de chocolate da Kopenhagen. TPM, maybe? Quem sabe… Só sei que acordei num miserê danado, e o miserê só foi curado com uma trufinha de chocolate 70%. 😛

Falando em cura! Vocês viram a Ju Romano na capa da Elle? Ahh que linda! Que coisa mais maravilhosa ver a mídia se curando deste paradigma da magreza! 

A Ju é uma blogueira maravilhosa por demais, gente! Super linda, saudável e bem resolvida!Fiquei maravilhada com o depoimento dela a respeito da capa. Ela diz que não foi preciso coragem para se mostrar:

“Mas vejam, eu não preciso de coragem para ser eu mesma! Por que eu tenho que ter coragem de mostrar algo que eu já vejo todo dia? Por que eu tenho que ter coragem de mostrar o meu corpo, se todo mundo tem um diferente e cada um a sua maneira?”

Está certíssima, senhorita! Como você mesmo diz: Break the internet!

Aceitação é necessária, gente! Seja você magra, gorda, baixa, alta, etc. Há mais ou menos 7 bilhões de pessoas no planeta Terra, vocês realmente acham que todo corpo deve ser igual?

Ainda no tema dieta e corpo, vi um documentário super interessante na Netflix: Sugar vs Fat. Baseado numa experiência feita por dois médicos gêmeos.

Na experiência um deles faz uma dieta baseada em carboidratos, enquanto o outro baseia sua dieta em gorduras. O efeito das dietas no organismo de ambo é assustador!É um bom documentário para quem é adepto à dietas rigorosas e restritivas. Eu confesso que fiquei chocada!

Mas sugiro que vejam e tirem suas próprias conclusões. 😉

Eu e minha bicicletinha continuamos amiguinhas, e agora que “descobri” o spotify, a coisa tem ficado cada dia mais fácil, nem vejo os 30 minutinhos passarem. Cada lista de músicas é uma descoberta diferente e deliciosa!Um belo incentivo para pedalar na cozinha!

Vamos ver se encontro uma balança dando sopa por esta BH. Ah! E que eu não esteja de tênis e meia furada. 😉

A imagem que ilustra este post é uma reprodução!

Deixo um antes e depois TOSCO da minha pessoa. Não tirei muitas fotos rechonchudinha.

montagem