O caso da barriga da Sarah Stage

Posted by in casos, fit

Semana passada rolou uma “controvérsia” nas redes sociais em torno de uma moça que eu nem conhecia. Trata-se da modelo Sarah Stage. Sarah estava grávida e Sarah, mesmo grávida, tinha um abdome trincado, sarado, mais firme que uma tábua de passar roupas.

Opiniões não faltaram. Uns opinavam que isso era “doença”,afinal onde já se viu? A mulher está grávida! Deveria se importar menos consigo mesma, e voltar toda sua atenção para o bebê.

“Especialistas” diziam que isso era mesmo um distúrbio, e que a pobre criança, recheio daquela barriga saradíssima, deveria estar com problemas, restrição de crescimento, falta de nutrientes, etc etc.

Eu confesso que não tenho opinião formada sobre o assunto. Na verdade, acho que não é nem da minha conta. Por que né? Nem conheço a dita cuja. Mas como sou pitaqueira profissional, vou falar sim. (Mas não espere nenhuma conclusão sensata, pois eu não cheguei a nenhuma.)

Quando me coloco na posição unicamente de mulher, eu penso que a dona Sarah pode fazer do seu corpo o que ela BEM entender, inclusive, ela poderia nem ter o filho, caso fosse do seu desejo. 

O corpo é dela, ela já malhava antes de engravidar, portanto, está no seu direito em continuar sua rotina espartana.

Há uma mania terrível das pessoas em acharem que a mulher grávida ou mãe deixa de ser mulher, e passa a ser somente “A grávida” ou “A mãe”. Quem nunca ouviu de algum dedo acusador: “Você deve se portar como uma mãe”,” Isso lá é coisa de mãe”, “Agora você é mãe, mulher de família! Tem que se dar o respeito.”

Opa! Pera aí, filhote! Qual é a postura de uma mãe? O que seria se dar o respeito? Vai saber,né?!Eu acho que nem toda mãe é boa, porque todas são humanas, e às vezes os humanos são estúpidos, sejam eles mães ou não. Basta estar vivo para ser estúpido.

Já quando me coloco na posição unicamente de mãe, penso na minha experiência, e não me imaginava me importando mais com minha aparência que com a saúde da minha filha dentro do meu ventre. (Mas eu nem sei se ela se importava mais com a pancinha que com o conteúdo) 

Mas o fato é que a gente não sabe como era o dia a dia da Sarah, talvez a alimentação dela fosse excelente, os exercícios físicos desenvolvidos para ela, talvez ela se importasse MUITO com o seu bebê.

Aparentemente, toda a polêmica foi em vão. Sarah Stage teve seu bebê. Um menino SUPER saudável, de quase 4 quilos!

Mas não duvido NADA que agora vão ficar na cola da garota para saber se ela amamenta, se ela se porta como mãe, pois afinal, o importante é ter uma opinião, não importando o quão equivocada ela seja. Né?