Mi Serena

Questão de controle.

Posted by in casos

Dia desses no twitter, eu li uma pergunta que me fez pensar: Existe mãe que não seja controladora?  Dai, nós mães super descontraídas, veganas, que não usamos shampoo com  sulfato e só comemos orgânicos, e colocamos os filhos em escolas waldorf respondemos em uníssono: Claro! Eu não sou NADICA controladora! Crio meu filho para o mundo, para que seja livre e faça suas próprias escolhas! cof cof cof! Eu mesma me via super aberta, super desconstruidona, A moradora da zona leste de BH, frequentadora de museus e bares alternativos. Dai veio…read more

Sinal de fumaça.

Posted by in casos, Uncategorized

Sumi,né? Sumi sim. Tô bem? Tô bem sim. A família tá joia? Tá joia. 😉 Pois é, faz um tempo que percebi que as redes sociais me deixavam estressada, angustiada e com muita ansiedade. Dai eu decidi que já era hora de cortar um pouco desse vício, ou seria fuga? Sei lá, só sei que abandonei o Facebook e o Instagram. Parte dessa “decisão” foi tomada após a leitura de uma newsletter da Aline Valek (Acho que já comentei que AMO as newsletters e os textos dela), segue um trechinho…read more

Pelo direito à tristeza.

Posted by in casos, Desabafo

Com a profusão dos movimentos “Good Vibes”, “Blessed”, “Gratidão” e afins, ficar triste virou quase um crime inafiançável. Por qualquer lado que se olhe na internet tem alguém postando fotos em poses de yoga, com filtros lindos e visuais in-cri-veis! Com tanta “benção” não dá para se sentir triste,verdade? Hoje em dia a tristeza é feia, a pessoa triste nada mais é que uma mal agradecida. Não dá para derramar uma lagriminha que lá vem a gangue da benção te dizer: – LARGA DE BOBAGEM!VOCÊ É SAUDÁVEL!TEM GENTE MORRENDO NA…read more

Dezembro

Posted by in casos

É chegado dezembro, mês festivo, todo mundo comprando, todo mundo feliz, aquela sensação de fraternidade, aquele sorriso – forçadinho- no rosto, que eu odeio. Fiquei um tempo sem postar nada, na verdade não foi por falta de tempo, nem por falta de assunto, foi pura falta de vontade. Volta e meia eu me pego numa situação onde eu não tenho vontade de muita coisa, com uma sensação de não pertencimento, e é nessas horas que os olhos ficam ardendo e parece que as lágrimas vão brotar. Entendam, não é um…read more

Diário da Dieta: Efeito sanfona!

Posted by in dieta, fit

Hello peeps! Faz tempos que não falo da dieta neste blog. Venho confessar que passei por um belo engorda/emagrece neste último mês (junho-julho). Lembram que fui à praia? Pois bem, lá eu engordei. E engordei 1,5 kg em UMA semana. Vejam bem o que a cerveja “inofensiva” faz com uma pessoa. Por isso que eu digo, não adianta se enganar! A cervejinha e o petisco do fim de semana atrapalham sim a dieta. Depois voltamos para BH, eu continuei sem ter disciplina, mas consegui emagrecer e perder o ganho das…read more

Uma ode à maternidade (só que ao contrário)

Posted by in Desabafo, Dificuldades

Filha está em período de férias escolares, e essa semana está sendo especialmente complicada. Filha está com conjuntivite, e eu tenho uma prova para fazer em poucos dias. (Farei a prova por obrigação, já que não consigo me empenhar nos estudos, enfim…) E eu estou cansada. Sim, estou cansada. Alguém me fala: Ela está em casa há 3 dias, e você está cansada?! Milhares de mães gostariam de estar no seu lugar, cuidando de seus filhos. Sim,  estou cansada sim. E o fato de milhares de mães almejarem meu lugar não…read more

Abaixo os babados!

Posted by in casos, Desabafo

“Eu acho que só existe um tipo de gente: gente.” A frase acima é da personagem Scout, no livro ” O sol é para todos” de autoria da Harper Lee. Já leram? Em caso de resposta negativa, sugiro que leiam. É um livro lindo! Scout é uma menininha bem inteligente, vanguardista que só ela! Uma menina que brinca com meninos, briga com meninos, tem cabelos curtinhos e se veste de macacão jeans. Seu estilo é sem afetação. O mais tomboy possível.  E qual a razão de ter escolhido a Scout…read more

Nascida para brilhar?!

Posted by in casos

Acho que nunca mencionei, mas sou usuária inveterada do Instagram, minha arrobinha é [email protected] Uso bem mais que Facebook, e não tanto quanto twitter. Sou dessas que seguem um “famoso”, o tio do famoso, o cachorro do famoso e quando vejo, estou seguindo todo o circulo pessoal dele. #guiltypleasure Dia destes, uma “famosa” que sigo postou a foto da filha, uma garotinha muito bonita que teria por volta dos seus 5 anos e faz alguns trabalhos como “modelo”, com os dizeres: Você nasceu para brilhar. Indubitavelmente, é uma criança muito…read more

Sinais dos tempos.

Posted by in casos

Ontem publiquei uma foto minha de 2007, uma na qual eu estava magra, jovem, saudável. Afinal, era o auge dos meus vinte anos. Comentei que na época em que ela foi tirada, eu me achava gorda, enorme, imensa. E que hoje, faço reeducação alimentar, e minha meta é pesar um pouco mais do que na famigerada fotografia. Afinal, o que mudou? Os tempos mudaram, ou eu mudei? Chego à conclusão que eu mudei. E concordo com Heráclito quando ele diz que: “Nenhum homem pode atravessar o mesmo rio duas vezes.”…read more

Espantando curiosos com glamour.

Posted by in casos

“¿Por qué las personas tienen la necesidad de conocer tanto sobre la vida de otras personas cuando no terminan de conocerse a sí mismas?” Por que as pessoas têm a necessidade de conhecer tanto sobre a vida de outras pessoas enquanto elas mesmas não se conhecem. Li esta frase em uma rede social, e fiquei pensando que ela é certíssima! Faz total sentido. As pessoas são extremamente curiosas, eu diria que são até invasivas e indiscretas, quando você tem um filho, é ainda pior. Creia-me! Vão te parar na rua e vão querer…read more