Mi Serena

Camila vê, Camila lê.

Posted by in Dicas, Uncategorized

No ano passado todas as minhas leituras, literalmente todas, foram pesadas. Li um monte de livros sobre crimes famoso, julgamentos, serial killers, tudo bem mórbido, bem sinistro. Quase todas as séries as quais assisti também eram relacionadas a crimes. Este ano eu quis variar e ler coisas leves, assistir a séries igualmente despretensiosas. Vamos lá, esse ano de 2017 eu já li: 1. Harry Potter e a Câmara Secreta – J.K. Rowling 2. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban – J.K. Rowling 3. Harry Potter e o Cálice de…read more

Respondendo perguntas

Posted by in Dicas

Uma das coisas mais legais de se ter um blog é poder ter acesso aos termos de busca utilizados pelas pessoas que o leem. Eu sempre fico curiosa em saber como as pessoas chegam até aqui. Tudo bem que é um blog mini mini minúsculo, mas todo dia alguém o lê. Suponho que nem sempre estes leitores consigam respostas para suas questões, por isso tentarei responder a algumas indagações. Vamos lá! 1. Sarah Stage posição parto: Querida pessoa, eu não faço a mínima ideia da posição que a Sarah se utilizou para parir seu rebento. Mas posso…read more

Vi por ai…

Posted by in Dicas

Eu amo internet! Acabo lendo muita coisa bacana, e fico com vontade de compartilhar por ai. Então, a partir de agora vou compartilhar aqui no blog os tetos legais que encontrei ou séries que vi, ou mesmo músicas que escutei, ou que me mostraram. Espero que gostem também 😉 1. Este texto do blog Cientista Que Virou Mãe, achei de uma beleza! É basicamente a forma como eu estou TENTANDO criar a Serena, sem consumo de produtos licenciados, sem personagens, consumindo com consciência. 2. Este texto que coloca em pauta…read more

Cinematerna e Seriados para espantar o tédio.

Posted by in Dicas, Uncategorized

Quem é mãe recente, e está encarando o puerpério, sabe como é complicada a tarefa de cuidar do bebê e ter que ficar em casa em tempo quase integral. Eu já comentei, e não me envergonho de dizer que passei por uma crise fortíssima de tristeza após o nascimento da minha pequena, e o fato de ficar em função dela 100% do tempo só agravava a situação. E a vontade de sair e fazer coisas normais? Resgatar um pouco da nossa auto-estima? Foi pensando nestas pobres criaturas, as mães, que…read more