Uma ode à maternidade (só que ao contrário)

Posted by in Desabafo, Dificuldades

Filha está em período de férias escolares, e essa semana está sendo especialmente complicada.

Filha está com conjuntivite, e eu tenho uma prova para fazer em poucos dias. (Farei a prova por obrigação, já que não consigo me empenhar nos estudos, enfim…)

E eu estou cansada. Sim, estou cansada.

Alguém me fala: Ela está em casa há 3 dias, e você está cansada?! Milhares de mães gostariam de estar no seu lugar, cuidando de seus filhos.

Sim,  estou cansada sim. E o fato de milhares de mães almejarem meu lugar não diminui o meu cansaço,sabe?! Eu não me comparo a elas. Cada um tem sua própria vida, seus próprios grilos e encanações.

Perguntaram o que eu quero. Sabem o que eu quero?

1. Beber, mas não bebericar. Quero beber até cair, acordar na sarjeta com um cachorro lambendo minha cara. E cercada das amigas que eu não vejo há tempos, pois todas acham que virei mãe e com isso virei freira.

2. Dormir. Sabe aquela horinha que eu acordo mais cedo, dou comida pro nenê? Então, quero não..quero dormir até tarde.

3. Quero o Jaime Lannister e o Hannibal. Não, não quero ver as séries. Quero o personagens, bem assim, de carne e osso, COM ESPADA e CANIBALISMO. E de quebra, quero o Derek Shepperd também.

4. Quero um day spa. Hidratar o cabelo, fazer as sobrancelhas, depilar as pernas. Ficar linda, mas ficar linda para mim, pois eu me mereço.

5. Quero o fim das cobranças. Quero mandar todo mundo para a casa do carvalho,  gritar bem alto: Cuidem das suas vidas! A criança está com conjuntivite sim! Não, ela não tá com fome. Não, ela não tá com frio, nem com calor. Não, não e não.

6. Quero ir para a academia e tirar selfie no espelho, igual qualquer outra pessoa narcisista.

7. Quero que me enxerguem. Não quero que vejam, quero que enxerguem o que eu faço, e não somente o que eu deixei de fazer. Sutil diferença, mas que muda tudo.

8. Quero fumar um cigarro. Sim, deixei o cigarro há dois anos, mas fico aguada quando vejo um fumante e só falta que eu peço uma baforada na minha cara.

9. Quero que todas essas pseudo mães perfeitas deixem de fingir que o mundo é um mar de rosas, e quero que elas entendam o quão opressor é esse mundinho faz de conta.

9.1. Nem todo mundo acha tudo lindo, e às vezes nem é lindo mesmo.

10. Por fim, quero aquele bebê das novelas globais, aquela maternidade florzinha dos blogs maternos, mas que este bebê continue sendo a Serena.

Acho que é só isso mesmo. Bêj.